OUTROS DESTAQUES
Balanço
Net tem EBITDA recorde. Prejuízo é de R$ 77,8 milhões
terça-feira, 11 de maio de 2004 , 21h17 | POR REDAÇÃO

Do ponto de vista financeiro, o balanço do primeiro trimestre da Net Serviços divulgado nesta terça, dia 11, traz melhoras em relação a 2003. A receita líquida da operadora no período de janeiro a março de 2004 foi de R$ 333,5 milhões. É 1,2% a menos do que os 337,4 milhões registrados no final de 2003, quando as vendas de produtos extras, como PPV, foram maiores. Mesmo assim, o desempenho no primeiro trimestre deste ano é melhor do que o desempenho no primeiro trimestre de 2003, quando a Net teve receita líquida de R$ 289,5 milhões. A receita bruta da Net Serviços no primeiro trimestre de 2004 foi de R$ 408,77 milhões.
O EBITDA do primeiro trimestre foi, segundo a operadora, o melhor da história da empresa, batendo os R$ 90,5 milhões, contra R$ 80,1 milhões no trimestre anterior. Com isso, a margem EBITDA subiu de 23,8% em dezembro para 27,1% em março. O EBIT da Net (que considera amortizações e depreciações) foi de R$ 28,6 milhões, contra R$ 15,2 milhões no último trimestre de 2003, também colocado pela empresa como o melhor de sua história. O prejuízo da empresa no primeiro trimestre do ano foi de R$ 77,8 milhões, contra R$ 116,5 milhões no último trimestre de 2003. A dívida líquida está em R$ 1,129 bilhão, sendo 51,8% em moeda estrangeira.

Despesas

Das despesas da Net Serviços, a maior continua sendo programação e franquia, que consumiram R$ 104,6 milhões no primeiro trimestre, ou 31,4% da receita líquida. Foi menos do que no final do ano passado, mas as despesas com pay-per-view também foram menores.
Do mix de receitas, as mensalidades correspondem a 86,4%; taxa de adesão a 0,9%; pay-per-view traz 2,3% (chegou a ser 3,7% no quarto trimestre de 2003); banda larga traz 4,6%; serviços corporativos representam 3,2%; e outros significam 2,6% da receita.
Interessante notar a dimensão que o serviço de banda larga ocupou na composição das receitas da Net. Enquanto os demais itens apresentam um percentual aproximadamente constante ao longo do ano, com exceção do pay-per-view, que depende de eventos sazonais, o serviço de banda larga cresce trimestre a trimestre. Era, para se ter uma idéia, apenas 3,3% da receita da Net em março de 2003.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top