OUTROS DESTAQUES
Hora de não mexer em nada
quarta-feira, 11 de julho de 2001 , 21h53 | POR REDAÇÃO

Para os operadores de TV por assinatura que tem entre seus acionistas fundos de investimento, a apreensão pode ser maior, mas nem por isso a situação deve ser pior. A TV Cidade, por exemplo, que tem como um de seus acionistas o fundo norte-americano Hicks, Muse, Tate & Furst (que também tem grande volume de dinheiro investido na Argentina), continua recebendo os aportes programados. O que se comenta é que o Hicks não irá recuar de nenhum de seus investimentos nesse momento, até para não perder dinheiro, mas dificilmente ampliará seus negócios no curto prazo. Ou seja, a negociação para a fusão entre Liberty e Hicks na América Latina está temporariamente suspensa.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top