OUTROS DESTAQUES
Tecnologia
Cianet apresenta solução de baixo custo para o triple play
segunda-feira, 11 de agosto de 2008 , 18h19 | POR ANA CAROLINA BARBOSA

A empresa catarinense Cianet Networking, que atua na área de tecnologia e soluções para a rede banda larga, apresentou na ABTA 2008 uma alternativa para operadoras de pequeno porte. O diretor técnico da empresa, João Marcelo Corrêa, destacou as vantagens da tecnologia oferecida pela Cianet, a HPNA 3: "É uma solução mais barata que o DOCSIS, que as operadoras costumam utilizar. Operamos com 128 Mbps sem levar fibra ótica a cada residência, aproveitamos a rede da TV a cabo. Além disso, as operadoras não precisam fazer nenhum tipo de alteração nos amplificadores de TV, reduzindo assim, os custos de implementação", diz Corrêa.
Entre os clientes da Cianet estão a Net Angra (Angra dos Reis, RJ) e a Cabo Visão (Rio do Sul, SC). "Temos negociações com grandes empresas, mas operadoras de pequeno porte são um bom mercado", observa.
Segundo Corrêa, a Cianet está testando a tecnologia HPNA 3 com capacidade de operar a 320 Mbps a partir de 2009. "Ao trabalhar com esta banda larga, o operador consegue controlar a qualidade dos seus serviços, o que é importante também quando ele implantar o IPTV e o video on demand", observa o diretor.

IPTV

Em painel sobre as possibilidades para video on demand (VOD) e IPTV, enfocando a necessidade de customização para o sucesso destes serviços, Mario Nakaharada, diretor de engenharia da NEC, parceira da Brasil Telecom no desenvolvimeto do Videon, serviço de VDO, disse que este modelo de distribuição de conteúdo será impulsionado no Brasil pela alta definição. "Quando as dificuldades regulatórias para termos redes IPTV forem superadas, teremos mais oferta de canais em HD e isso será fundamental para expandir o serviço", opina.
Marcos Galassi, da NextVision, apresentou no painel o serviço já em operação HSM Code, que usa a tecnologia da fabricante brasileira. Segundo o executivo, está aberto um precedente para programadores e produtores tenham suas próprias infra-estruturas de distrbuição.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top