TV digital
11/09/2003, 18:58

Emissoras públicas participarão de grupo de discussões

POR RAQUEL RAMOS

A Abepec (Associação Brasileira das Emissoras Públicas, Educativas e Culturais) recebeu do Ministério das Comunicações garantias de que participará do grupo de estudos da TV digital (Get). Esta é a primeira de uma série de ações conjuntas que a associação pretende realizar com o Minicom. Para a associação, é fundamental participar da discussão sobre a implantação da TV digital no Brasil para que as televisões públicas brasileiras não corram o risco de ficar de fora ou de serem prejudicadas durante a digitalização das transmissões no País.
Durante o ?Seminário Internacional: Comunicação Social e TV Pública?, realizado pela Frente Parlamentar em Defesa da TV Pública e pela Comissão de Comunicação da Câmara nesta quinta, dia 11, o chefe de gabinete do Ministério da Cultura, Leopoldo Nunes, chegou a defender que o Governo financie a implantação da TV digital nas emissoras públicas brasileiras. Para Jorge da Cunha Lima, presidente da Abepec e da TV Cultura, a questão da TV digital precisa ser analisada com bastante cautela, já que nenhuma emissora pública brasileira tem equipamentos digitais para produção de sua programação.
Para Murilo Ramos, professor da Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília, a TV digital precisa ser discutida sob o ponto de vista do modelo e não da tecnologia, como vem fazendo o Minicom. O professor defendeu ainda a definição do marco regulatório das comunicações, com a criação de uma lei para regulamentar os princípios constitucionais da Comunicação Social. Este, aliás, é um dos pontos que a Abepec pretende discutir com o Ministério das Comunicações. Para o presidente da associação, Jorge da Cunha Lima, as emissoras de rádio e TV brasileiras funcionam na ilegalidade, já que o Código Brasileiro de Telecomunicações está obsoleto.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top