OUTROS DESTAQUES
Operação
Net cresce operacionalmente. Vírtua é o destaque
terça-feira, 11 de novembro de 2003 , 23h28 | POR REDAÇÃO

A Net Serviços divulgou nesta terça, dia 11, os resultados financeiros referentes ao terceiro trimestre do ano. A melhora dos indicadores foi considerável em relação à trajetória registrada nos trimestres anteriores. A base de assinantes cresceu de 1,3 milhão assinantes habilitados (1,318 milhão conectados) para 1,316 milhão de assinantes habilitados (ou 1,334 milhão conectados). É um crescimento de apenas 1,2%, mas que não aparecia há alguns balanços. A base de assinantes do serviço Vírtua, de acesso à Internet em banda larga, subiu quase 18% no trimestre, de 63,5 mil para 74,8 mil assinantes. Atualmente, 19% dos assinantes da Net em áreas com redes bidirecionais assinam o serviço de Internet. Os índices de churn de TV paga mantiveram-se na casa dos 14% (anualizados, contra 15% no trimestre anterior), e cairam cerca de três pontos percentuais no serviço de cable modem, para 11,7%. A empresa também voltou a contratar pessoal no terceiro trimestre, com aumento de cerca de 60 funcionários.
As vendas brutas de TV paga aumentaram de 52,1 mil para 68,4 mil no período terminado em setembro. As vendas brutas do Vírtua saltaram de 8,8 mil para 15,5 mil, decorrência da isenção de taxa de instalação em todas as cidades.
Financeiramente, os resultados são melhores no terceiro trimestre em relação ao trimestre anterior. A receita líquida trimestral subiu de R$ 297 milhões para R$ 321,7 milhões (8,4%, função principalmente dos reajustes de mensalidade), o EBITDA subiu de R$ 77,7 milhões para R$ 81,1 milhões (apesar de uma redução de um ponto percentual na margem, que caiu de 26,2% para 25,2%, por conta dos custos de programação). O problema foi o prejuízo, de R$ 106,8 milhões no terceiro trimestre, contra um lucro de R$ 31,5 milhões no trimestre anterior. Conseqüência da leve depreciação cambial, que não mais permitiu o registro de ganhos com a variação da moeda como no trimestre anterior. A dívida líquida está em R$ 1,18 bilhão (61,5% em dólar), contra R$ 1,15 no trimestre anterior. A dívida bruta é de R$ 1,333 bilhão. A receita média por assinante de TV paga está em R$ 92,81 e em R$ 64,83 no serviço de cable modem.

Novos pacotes

A Net está começando a testar as seleções diferentes que a Net Brasil viabilizou no início do ano, com algumas variações já adotadas pela Sky. Em Campinas, Santos e Indaiatuba, no Estado de São Paulo, estão sendo testados os pacotes Net Informação (canais de notícias e documentários e música), Net Variedades (Pacote Master sem o SporTV), Net Esportes (Net Variedades mais os canais de esportes) e Net Filmes (canais de filmes e a seleção completa). Há ainda o Net Opção (equivalente ao atual Advanced). Se os novos pacotes derem certo, serão levados a outras praças. A operadora está também comercializando pacotes para flats e hotéis.
As vendas de pay-per-view totalizam no ano 136 mil pacotes do Campeonato Brasileiro, o que representa 44% a mais em relação a 2002.
As despesas com programação passaram de 31,6% para 34,2% da receita, resultado do reajuste de alguns canais e fim da contabilização de determinadas economias. Ao todo, a Net gasta R$ 110 milhões com programação e franquia.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top