OUTROS DESTAQUES
Números suportam argumentos dos operadores
quinta-feira, 12 de março de 1998 , 00h30 | POR REDAÇÃO

Mesmo que, a primeira vista, os pontos que devem ser usados na defesa dos 5% pareçam apenas argumentos de desespero, a questão apontada pelas operadoras fica mais concreta quando se observa o atual panorama do mercado: os balanços das principais MSOs (veja resultados da Multicanal nesta edição) mostram que o crescimento da TV paga está se estabilizando e já está longe das taxas de 100% ao ano registradas no passado. Além disso, as MSOs se vêem obrigadas a cortar assinantes da classe C devido, inclusive, a problemas de inadimplência (agravado pelo alto custo das mensalidades no Brasil). Um novo aumento nas mensalidades poderia agravar este problema e dificultar o crescimento da base, o que, segundo as operadoras, seria ainda mais preocupante. Os mercados A e B, dizem as empresas, estão bastante explorados, restando a classe C como próximo nicho de vendas, ainda que com produtos mais baratos para evitar inadimplência.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top