OUTROS DESTAQUES
Operadores apostam no futuro contra ICMS de 25%
quinta-feira, 12 de março de 1998 , 00h30 | POR REDAÇÃO

A tese mais forte que corre pelo mercado e que deve ser um dos argumentos para tentar convencer o Confaz a não aprovar o aumento generalizado do ICMS é o de que qualquer aumento nos preços das mensalidades cobradas atrofiaria as perspectivas de crescimento do setor. Segundo cálculos que estão sendo realizados por diversas empresas, esta diminuição no mercado potencial de TV paga seria tão significativa que os estados ganhariam menos no futuro, mesmo com uma alíquota maior. O raciocínio é simples: mais valeria aos estados continuarem arrecadando 5% sobre 8 milhões de assinantes, que é a perspectiva do mercado para o ano de 2001, do que arrecadar 25% sobre um número bastante inferior de assinantes em 2001, que seria a realidade no país caso houvesse um aumento na tributação já.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top