Política audiovisual
12/06/2003, 15:39

Futuro da Ancine será decidido por Lula

POR REDAÇÃO

Na reunião realizada na noite desta quarta-feira, 11, entre os ministérios do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), Cultura (MinC) e Casa Civil para decidir o futuro da Ancine, chegou-se a apenas uma conclusão: a palavra final será do presidente Lula, que deve manifestar-se nos próximos dias sobre o futuro da agência. A surpresa foi a manifestação do ministro do Desenvolvimento no sentido de que há entidades do cinema que desejam que a Ancine fique sob o MDIC. Até então a expectativa era de que o martelo fosse batido em favor do MinC.
Foi uma reunião técnica, em que se apresentaram prós e contras da manutenção da Ancine em cada um dos dois ministérios. Tanto o ministro Fernando Furlan (MDIC), quanto o ministro Gilberto Gil (MinC), concordaram em dar pleno apoio às atividades da agência qualquer que seja a decisão da presidência. O ministro José Dirceu, da Casa Civil, levaria ainda nesta quinta, 12, a questão para o presidente.
Também ficou claro após a reunião que a vontade do governo é a de que o Ministério das Relações Exteriores tenha participação em algumas questões referentes ao audiovisual, sobretudo nas relações com organizações internacionais como OMC, Unesco e Alca.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top