OTT
12/06/2015, 19:28

YouTube lança plataforma dedicada a games

De olho na crescente audiência do serviço de streaming de vídeo de games Twitch, o Google anunciou nesta sexta-feira, 12, o lançamento do YouTube Gaming, um novo aplicativo e website dedicado exclusivamente aos jogos. Além de agregar conteúdo que já está disponível no portal tradicional, a ideia é permitir uma "experiência melhorada ao vivo que deixa mais simples fazer broadcast de gameplay ao YouTube", com um sistema redesenhado (agora não é necessário mais agendar uma transmissão), gravação digital, conversão automática de vídeo e captura em 60 quadros por segundo.

Para quem consome os vídeos, haverá facilidades. A companhia vai criar páginas específicas para 25 mil títulos, onde será possível assistir aos vídeos e streamings de cada jogo. O YouTube Gaming também deverá ter canais de publishers de jogos e de criadores do portal de vídeos. O próprio sistema de busca levará em consideração o tipo de conteúdo: as sugestões serão sempre de games.

Em post no blog oficial do YouTube, a companhia afirma que o Gaming estará disponível inicialmente neste verão (inverno no Brasil) nos Estados Unidos e no Reino Unido. A partir deste final de semana, a companhia contará com um estande na maior feira de videogames do mundo, a E3, nos Estados Unidos, onde convidará participantes a testar a plataforma. Até o momento, a empresa não informou se haverá versões do aplicativo para iOS ou para os consoles da atual geração (Nintendo Wii U, PlayStation 4 e Xbox One) que permita a transmissão facilitada.

A plataforma trará páginas individuais para cada jogo, e já será lançada com espaços dedicados para mais de 25 mil títulos, como "Zelda" e "Asteroids".

Concorrência

O Youtube Gaming irá concorrer com o Twich, da Amazon. Há cerca de um ano, o portal internacional Variety noticiou que o Youtube havia chegado a um acordo preliminar para adquirir a plataforma, num negócio de cerca de US$ 1 bilhão.

No entanto, o negócio não se concretizou e a Amazon levou o Twich por US$ 970 milhões. Em janeiro deste ano a Amazon anunciou que a plataforma estaria apresentando uma audiência média de 100 milhões de usuários mensais.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top