OUTROS DESTAQUES
Desistir de concessão pode ser solução para atrasados II
quarta-feira, 12 de julho de 2000 , 21h59 | POR REDAÇÃO

O que aconteceu em muitos dos casos em atraso não foi problema de negociação de postes, nem briga com prefeituras ou atraso na alfândega. Houve casos de desinteresse de iniciar os trabalhos em cidades que revelaram mercados ruins, imprevistos no planejamento financeiro. Quem está nestas situações sabe que não terá adiamento. A hipótese passa a ser desistir da concessão, abrindo mão do que foi pago. As consultas aos departamentos jurídicos das empresas começaram. O risco maior é a multa, que pode chegar a cinco vezes o valor da outorga. Mas esta é apenas uma das penalidades, que podem ser advertência, proibição de participação em licitações entre outras.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top