OUTROS DESTAQUES
Audiovisual
Evento do GNT discute realidade dos documentários
quarta-feira, 12 de novembro de 2003 , 19h38 | POR REDAÇÃO

Aconteceu esta semana o III Brasil Documenta, evento promovido anualmente pelo canal de TV por assinatura GNT para debater a produção de documentários. Um dos temas em discussão diz respeito à participação feminina na direção de documentários. Não por acaso, o GNT tenta se posicionar como um canal mais voltado ao público feminino.
Outro tema em debate é a questão da divisão entre entretenimento e informação na produção de documentários, e a dificuldade de se conseguir audiência com esse gênero de produção. Para o documentarista Eduardo Coutinho, a TV é a forma dominante de comunicação, e o cinema existente fora dos Estados Unidos só é feito graças à parceria com a televisão, "o que não acontece no Brasil e provavelmente nunca aconteça". Coutinho diz que a TV aberta brasileira não tem documentários: "às vezes exibem uns 'híbridos' de boa qualidade, mas não são documentários. O documentário tem que ser autoral, o que as grades de programação das TVs não comportam", diz o cineasta. Além disso, Coutinho diz que quem exige entretenimento e a rentabilidade dos documentários é a TV. "O público não está nem aí para os documentários, o público nem vai ao cinema para assisti-los", brinca.
O inglês Stephen Lambert, produtor-executivo da RDF Media e da série "Faking It!" (apresentada no Brasil pelo GNT como "Tudo é Possível!"), diz que os documentários têm a obrigação de prender a atenção da audiência e "não precisam ser chatos a ponto de ninguém querer assistir".
Já o cineasta Paulo Sacramento, diretor de "O Prisioneiro da Grade de Ferro", diz que entretenimento é uma palavra que acompanha um preconceito, mas tudo depende do nível cultural de quem vai assistir aos documentários.
O evento acontece até dia 14 de novembro na PUC e no Instituto Moreira Salles, no Rio de Janeiro. Além dos debates, o Brasil Documenta conta ainda com Máster Classes e exibições de documentários.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top