TelasFórum
12/11/2015, 16:10

Produções originais de música e cinema são as principais demandas do Curta!

POR MARIANA TOLEDO

O sócio-fundador do superbrasileiro Curta!, Júlio Worcman, analisa que, com três anos recém-completos, o canal conquistou um público fiel e apaixonado. "Grandes damas do cinema e da televisão brasileira, como Malu Mader, Regina Duarte e Fernanda Montenegro, já disseram que nos assistem. Além disso, completamos a marca de 12 milhões de assinantes", comemora.

Worcman ressalta que o canal foi criado com o objetivo de resgatar uma audiência que estava órfã de uma programação tão segmentada e específica. "Não fomos pensados para bater estatísticas de audiência. Fazemos programas que têm a cara das pessoas que os produzem", diz.

A grade do canal é dividida por dias temáticos: segunda-feira, para música; terça, para arte; quarta, para cinema; quinta, para pensamentos (filosofia, literatura, psicologia e antropologia); e sexta para sociedade (História, sociologia, política e meio ambiente). Essa grade funciona diariamente a partir das 20h – antes disso, são exibidas séries brasileiras. Aos sábados e domingos, é exibido "o melhor da programação". "A ideia dessa divisão é buscar uma fidelização da audiência", explica.

Segundo Worcman, o Curta! foi o canal que mais aprovou projetos pelo fundo setorial – foram 44 projetos, de 30 produtoras diferentes. Até 2017, ele estima que serão exibidas 220 horas de conteúdo original independente, de todas as regiões do Brasil.

O coordenador informa que os critérios para aprovação de novos projetos são simples: eles buscam qualidade conforme a subjetividade do canal e adequação à grade temática. Não há restrições quanto à duração dos programas, mas ele avisa que como eles podem ser comercializados para outros canais, é importante manter-se relativamente dentro de um padrão. Eles se interessam por parcerias de conteúdo e pela compra de projetos prontos também. Para enviar as sugestões, as produtoras devem procurar a seção "envie seu projeto" no site www.canalcurta.tv.br.

Dentro da grade temática do canal, os assuntos para os quais os projetos enviados têm sido mais recorrentes são arte e pensamento. "Há uma demanda por mais programas de música e cinema", revela Worcman. "Enquanto os outros canais aproveitam cerca de 2% do que recebem, nós aprovamos aproximadamente 5%", finaliza.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top