Previsão
12/12/2014, 18:15

Streaming deve ultrapassar broadcast no consumo de vídeo em 2015, aponta Ericsson

POR REDAÇÃO

O ConsumerLab, área que estuda o comportamento do usuário da Ericsson, publicou nova edição do relatório anual “10 tendências de consumo”, que aponta tendências de consumo para o ano seguinte. Produzido há quatro anos, o estudo foca em usuários de smartphones de 15 a 69 anos nas cidades de São Paulo, Johanesburgo, Londres, Cidade do México, Nova Iorque, Moscou, São Francisco, Xangai, Sydney e Tóquio.

Entre as dez tendências apontadas no estudo, a empresa prevê que, em 2015, um número maior de pessoas assistirá conteúdo de vídeo semanalmente em plataformas sob demanda que pela TV tradicional.

O grupo de estudos acompanha a mudança de hábito dos consumidores de vídeo em nove países (Brasil, China, Alemanha, Coréia do Sul, Espanha, Suécia, Taiwan, Reino Unido e Estados Unidos) desde 2011. No primeiro ano da pesquisa, 83% assistiam conteúdo broadcast televisivo várias vezes durante a semana, enquanto apenas 61% assistia conteúdo via conteúdo sob demanda via streaming com a mesma frequência.

Em 2014, os serviços por streaming já tomaram a liderança no grupo de idade entre 16 e 45 anos, com 80% deles assistindo conteúdo sob demanda varias vezes na semana. Considerando todos os consumidores, a TV broadcast ainda está na frente por dois pontos percentuais (77% contra 75%). No relatório, a Ericsson diz acreditar que esse cenário se inverterá em 2015, com o consumo de vídeo via streaming ultrapassando o broadcast.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top