OUTROS DESTAQUES
Programação e dívidas em dólar são os principais problemas
terça-feira, 13 de janeiro de 1998 , 20h25 | POR REDAÇÃO

Um dos operadores de TV a cabo já atuantes no mercado analisa o impacto da crise cambial da seguinte maneira: é complicado no campo dos custos da programação, que são dolarizados, e é complicado no campo do financiamento dolarizado, mesmo para quem fez hedge para uma parte da dívida. Este operador acredita que vão ser necessárias conversações com as programadoras para reduzir os preços em dólar, "que no Brasil são os mais altos do mundo". Os novos operadores que ainda não pagaram pela concessão conseguem tirar pequena vantagem da situação: o preço em dólares pago pelas concessões será menor do que o previsto. Entre os beneficiados estão a Horizon, TV Cidade, Canbras, Powerlice e outros.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top