Política audiovisual
13/05/2003, 16:56

Senado vai ouvir os ministros Gil e Gushiken

POR REDAÇÃO

A Comissão de Educação do Senado Federal deverá ouvir em duas audiências públicas na próxima semana os ministros da Cultura, Gilberto Gil, dia 20, e Luiz Gushiken, da Secretaria de Comunicação, dia 21. A presença dos ministros se deve à polêmica sobre a questão do financiamento dos projetos culturais e às acusações de ?dirigismo cultural? veiculadas na imprensa nos últimos dias. Em data ainda a ser marcada, a Comissão ouvirá um grupo de cineastas sobre o mesmo tema. Serão convidados Nelson Pereira dos Santos, Walter Lima Júnior, Cacá Diegues, Zelito Vianna e um representante do Congresso Brasileiro de Cinema. Manifestando-se no plenário da Comissão, a senadora Ideli Salvati (PT/SC) justificou a necessidade da inclusão de outros cineastas no debate (daí a inclusão de Walter Lima Júnior e Nelson Pereira dos Santos, por sugestão da senadora) para ouvir, segundo disse, ?o outro lado? e não apenas os cineastas que haviam publicamente se manifestado contra as propostas iniciais do governo.

Cinema e futebol

O senador Hélio Costa (PMDB/MG), vice-presidente da Comissão de Educação, acredita que não há a menor necessidade de o governo, e especialmente as estatais, financiarem a produção de filmes no Brasil. Na opinião do senador, este dinheiro poderia ser muito melhor utilizado na construção de teatros no interior do país e no financiamento de grupos de teatro: ?o Brasil é penta campeão mundial de futebol, e nunca se ouviu dizer que o governo tivesse investido um tostão na formação de nossos craques, que são comprados a peso de ouro pelo futebol internacional. Talento é uma coisa que se tem ou não. Não se pode financiar alguém para que tenha talento?, concluiu o senador mineiro que prometeu questionar os ministros sobre o tema durante as audiências públicas.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top