Evento
13/11/2015, 01:23

"O Estopim", da TVA2 Produções, vence o grandprix do júri do TELAS Festival Internacional de TV

O TELAS Festival Internacional de TV de São Paulo anunciou as produções premiadas em sua segunda edição. O nome dos vencedores foi divulgado na cerimônia que aconteceu na noite de quinta-feira, dia 12 de novembro, no Auditório do Ibirapuera.

Apresentado pela atriz Miá Mello, o evento contou com a participação de realizadores das diferentes produtoras e dos canais de televisão, como diretores, produtores e atores. Homenageado, o cartunista Maurício de Sousa comentou a evolução das plataformas de distribuição de conteúdo. "Quando comecei, era desenhista de quadrinhos, agora sou desenhista de telas – TV, computador, aplicativos, haja telas! A produção aumenta e a responsabilidade também", disse.

O júri especializado assistiu a programas do Brasil e de mais 11 países: Alemanha, Argentin a, Austrália, Bélgica, Colômbia, Equador, Espanha, França, Holanda, Reino Unido e Uruguai. Foram avaliadas séries de ficção e não-ficção, documentários, programas infantojuvenis e webseries desenvolvidas originalmente para a TV (aberta e por assinatura), Internet e vídeo on demand.

 

Confira a lista das produções que receberam o Prêmio Telas em 2015:

Websérie

  • Melhor websérie – "Armas silenciosas para guerras secretas", da Bonobo Filmes
  • Menção honrosa – "Empoderada", da Dandara Produções

Infantojuvenil

  • Melhor produção infantojuvenil – "Meu pai", da Casa de Cinema de Porto Alegre
  • Melhor direção infantojuvenil – "Meu pai", da Casa de Cinema de Porto Alegre
  • Melhor roteiro infantojuvenil – "Irmão do Jorel", do Copa Studio
  • Realização artística infantojuvenil – "Meu pai", da Casa de Cinema de Porto Alegre
  • Prêmio internacional infantojuvenil – "Cleo", da Imira Entertainment – Espanha

Documentário – série

  • Melhor Documentário – série: – "Deu match!", do Cinegroup
  • Melhor direção Documentário – série – "Amores livres", da Globosat
  • Melhor roteiro Documentário – série "Sete vida em 7 cordas", da Doblechapa Cinematografia
  • Realização artística Documentário – série – "André Midani – Do Vinil ao download", da Conspiração Filmes
  • Prêmio Internacional Documentário – série "Mentira la verdad", da Encuentro – Argentina

Documentário- feature

  • Melhor documentário – feature – "O Estopim", da TVA2 Produções
  • Melhor direção Documentário – feature – "O Estopim", da TVA2 Produções
  • Melhor roteiro Documentário – feature – "Esse viver ninguém me tira", do Cine Group
  • Realização artística Documentário – feature – "Baré: povo do rio", do Sesctv
  • Prêmio internacional Documentário – feature – "Tus padres volverán", da Gabinete Films – Uruguai

Life-style

  • Melhor série Life-style – "Receita de viagem com Bel Coelho", da Grifa Filmes
  • Menção honrosa – "melhor hostess" – "Missão extrema com Karina Oliani", da Bossa Nova Films Criações e Produções

Ficção

  • Melhor série Ficção – "Santo forte", da Moonshot Pictures
  • Melhor direção Ficção – "Partiu?!", da Colateral Filmes
  • Melhor roteiro Ficção – "Vizinhos", da Globosat
  • Melhor ator Ficção – Matheus Nachtergaele ("Zé do Caixão", da Contente Produções)
  • Melhor atriz Ficção – Maria Helena Chira ("Zé do Caixão", da Contente Produções)
  • Realização artística Ficção – "Zé do Caixão", da Contente Produções
  • Prêmio internacional Ficção – "Humans", da AMC Networks – Estados Unidos
  • Menção honrosa – novos talentos e ousadia temática – "O ninho", da Bezouro filmes

Grandprix do júri

  • "O Estopim", da TVA2 Produções

Conheça os jurados:

Infanto juvenil

  • Aida Queiroz, codiretora do Anima Mundi e da produtora Campo 4
  • Eric Leyton Arias, assessor para projetos de televisão do canal público Señalcolombia, e da Dirección de Comunicaciones del Ministerio de Cultura de Colombia
  • Gabriela Guerra, jornalista especializada em produção cultural para a infância, escreve na Folha de S. Paulo há 15 anos
  • Hermínia Bragana – Coordenadora de conteúdo infantil na diretoria de produção da TV Brasil / EBC

Ficção

  • Paulo Gustavo Pereira, jornalista, apresentador dos programas Loucos por Séries e Café Panorâmico e responsável pelo site BesTV
  • Newton Cannito, autor e roteirista
  • Tata Amaral, diretora e realizadora
  • Nora Goulart, produtora executiva e sócia-diretora da Casa de Cinema de Porto Alegre

Lifestyle

  • Bruno Assami, conselheiro cultural do consulado de Portugal, representante no Brasil da Fundação Proa e diretor da Arena Cultural
  • Valdemar Jorge Filho, produtor, diretor e escritor
  • Letícia Muhana, Consultora de Programação da Globosat e diretora-executiva do canal Viva
  • Jorge Espirito Santo, jornalista e diretor de TV, atua como diretor geral do programa "Estrelas" e diretor artístico do Fantástico
  • Luisa Campos, radialista, atua com seleção, licenciamento e gestão de conteúdo na Synapse

Documentário Feature

  • Vera Zaverucha, palestrante e professora na Fundação Getúlio Vargas
  • Flavia Guerra, documentarista, jornalista e editora do site Tele Tela
  • Juliane Cavalcante, roteirista e responsável pelo setor de cessões, aquisições e licenciamentos da Associação de
  • Comunicação Educativa Roquette Pinto

Documentário Série

  • Marcos Didonet, diretor do Festival do Rio
  • Eliza Capai, jornalista, atua como documentarista nas áreas de cultura, gênero e sociedade
  • Alexandre Muniz, especialista em regulação do audiovisual na Ancine

Websérie

  • Diogo Moyses, jornalista, produtor executivo e especialista em políticas públicas e regulação dos setores de mídia e telecomunicações
  • Jorge Gonçalves, coordenador de desenvolvimento econômico na Spcine

O Festival

Mais de 60 das principais produtoras e canais de TV do Brasil e internacionais inscreveram programas. O Telas Festival conta com parceria na curadoria internacional de alguns dos mais qualificados festivais do mundo, como o FIPA (França), Sunny Side (França) e HotDocs (Canadá), além da consultoria para a temática infantojuvenil do comKids.

O II Telas Festival Internacional de TV começou dia 9 e vai até o domingo, dia 15 de novembro. As exibições são gratuitas e acontecem na OCA, MIS, MAM, FAAP e Unibes Cultural. A novidade deste ano é que a Spcine, Empresa de Cinema e do Audiovisual de São Paulo, assina a corealização do Telas Festival com a Converge, empresa que há 20 anos promove os mais respeitados eventos voltados para o mercado audiovisual do país.

Comentários

1 Comentário

  1. Alice disse:

    O premio pro filme o estopim, foi bem merecido. pois traz um exclarecimento pra descobrir o que realmente aconteceu num dos crimes mais comentados e covardes cometidos por policiais bandidos.Brunno Rodrigues. o interpretou divinamente. Nao poderiam ter escolhido melhor ator pra interpreta-la o Amarildo.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top