Políticas de comunicação
14/01/2010, 21:55

ABPTA participa de debate com defensores do PL 29

POR REDAÇÃO

Na tarde desta quinta-feira, 14, o diretor geral da Associação Brasileira de Programadores de TV por assinatura, a ABPTA, Carlos Alkimim, dividiu a mesa de debate com defensores ferrenhos do PL 29, projeto de lei que propõe mudanças no setor de TV por assinatura e cria cotas e mecanismos de fomento para a produção nacional. Ao lado de Rosemberg Cariry, presidente do Congresso Brasileiro de Cinema (CBC), e Manoel Rangel, diretor-presidente da Ancine, Alkimim agradeceu a oportunidade de participar das discussões promovidas no 5º Festival Atibaia Internacional do Audiovisual, evento que acontece na cidade do interior paulista, e elogiou a produção nacional. "Os programadores vêm aumentando gradativamente a quantidade de programas nacionais. A gente acredita neste modelo", disse.
Vale lembrar, a entidade promoveu campanha contra o PL 29, alegando que a aprovação do projeto de lei restringe a liberdade do telespectador. "Não escolhemos o que vemos, quem escolhe é o programador e muitas vezes de fora do Brasil", destacou Rangel, observando que a mobilização do setor audiovisual para a aprovação da lei no Senado ainda é baixa. "Isso significa demanda e recursos especiais para a produtora brasileira".
Para Cariry, a aproximação das entidades é positiva. "Pelas conversas iniciais, percebi que temos muito a aprender", afirmou.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top