OUTROS DESTAQUES
DTH
Sky perde base pela primeira vez no Brasil
quarta-feira, 14 de agosto de 2002 , 12h30 | POR SAMUEL POSSEBON

Pela primeira vez desde que começou a operar no Brasil, a Sky registrou oficialmente uma redução de base de um trimestre para o outro. O número foi divulgado pela News Corp. nesta quarta, 14, juntamente com os resultados financeiros do grupo em todas as suas operações mundiais. Segundo a News Corp., controladora da Sky no Brasil, a operadora de DTH fechou o segundo trimestre com 706 mil assinantes, contra uma base de 710 mil assinantes do primeiro trimestre. A receita em reais, como era de se esperar, caiu de R$ 143 milhões no primeiro trimestre para R$ 140 milhões, o que leva a receita nos últimos 12 meses a R$ 571 milhões. Em dólares, a receita do primeiro trimestre caiu de US$ 60 milhões para US$ 56 milhões no segundo trimestre. O EBITDA também se deteriorou, de US$ 4 milhões negativos nos três primeiros meses do ano para US$ 7 milhões negativos no segundo trimestre. O pior indicador, contudo, ficou por conta do prejuízo da Sky, que saltou para US$ 116 miflhões no segundo trimestre, contra US$ 24 milhões nos três primeiros meses do ano. As causas foram desvalorização da moeda e os custos com a programação esportiva no período da Copa do Mundo.
A retração do mercado e das receitas no Brasil acompanhou a tendência em toda a América Latina. Depois de encerrar a operação na Argentina, a Sky também registrou perda de assinantes no México, onde registrou 695 mil usuários em 30 de junho, contra 701 em 30 de março. Por lá, os prejuízos e receitas também se deterioraram.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top