OUTROS DESTAQUES
Operação
DirecTV Latin America pode não crescer em 2002
segunda-feira, 14 de outubro de 2002 , 20h16 | POR REDAÇÃO

A Hughes Electronics divulgou nesta segunda, 14, os resultados das operações DirecTV no terceiro trimestre do ano. Nos EUA, a operadora cresceu no trimestre 206 mil assinantes, chegando a uma base total de 10,92 milhões de usuários. Na América Latina, o resultado foi fortemente impactado pela degradação da situação macroeconômica geral. As operações na região perderam, no terceiro trimestre, 65 mil assinantes e agora totalizam 1,6 milhão de usuários. A receita no trimestre na AL foi de US$ 146 milhões, contra US$ 201 milhões no mesmo período de 2001. A perspectiva para o ano na América Latina é que a base permaneça igual à que estava no final de 2001, sem variação positiva ou negativa. A receita deve ficar entre US$ 670 milhões e US$ 700 milhões e o EBITDA deve ficar negativo entre US$ 180 milhões e US$ 200 milhões. Nos EUA, a perspectiva de crescimento no ano também caiu em 20% e agora é de cerca de um milhão de assinantes.
Sobre a decisão da FCC de não permitir a fusão entre a DirecTV e a Echostar, Jack A. Shaw, CEO da Hughes, disse que a empresa está desapontada mas que continuará trabalhando no sentido de convencer as autoridades sobre os benefícios da operação.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top