OUTROS DESTAQUES
Como fica a TV a cabo com o fim do Regulamento de Outorgas
quinta-feira, 14 de novembro de 1996 , 18h15 | POR REDAÇÃO

Renato Guerreiro, secretário executivo do Ministério das Comunicações, no seminário promovido pela ABTA – Associação Brasileira de TV por Assinatura – e pela revista PAY-TV no dia 7 de novembro, sem querer acabou levantando a questão (ainda que não tenha sido conclusivo na sua análise): como ficam os editais de cabo e MMDS diante dos conflitos entre o Decreto 1719 (Regulamento de Outorgas) e a Lei das Concessões (Lei 8987)? A Lei exige que a outorga seja dada a quem oferecer o melhor valor de tarifa, ou a melhor oferta pela outorga ou uma combinação dos dois fatotres, mas o Decreto 1719 prevê ainda um julgamento técnico, o que seria ilegal. É um comentário que agora corre no mercado e ainda não encontrou resposta no Minicom.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top