Política
15/01/2004, 19:17

Secom recebe Fórum e abre espaço a projeto para comunicação

POR REDAÇÃO

O Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) teve nesta quinta, dia 15, sua primeira audiência oficial com a Secretaria de Comunicação e Gestão Estratégica (Secom). O encontro foi com Marcus Flora, secretário adjunto. Na pauta, o principal tema era o projeto do governo de apoio financeiro às empresas de comunicação. Segundo relato do fundador do FNDC, Daniel Herz, a Secom indicou que existe um projeto de caráter urgente, limitado e circunstancial de ajuda aos grupos em dificuldade e um projeto de longo prazo, que prevê a criação de bases para o desenvolvimento do setor de comunicações.
A principal reivindicação do Fórum é para que a ajuda do governo às empresas de mídia esteja vinculada à transparência do processo e ao estabelecimento de contrapartidas sociais que busquem o desenvolvimento da comunicação social no país. Segundo Daniel Herz, a Secom manifestou abertura para essas reivindicações e mostrou ser do interesse do governo que se crie esses mecanismos de compensação. Segundo o relato do Fórum, o projeto de ajuda às empresas de mídia ainda está em fase de análise técnica pelo BNDES e, após essa etapa, serão discutidas as contrapartidas. "O governo está dando amplitude para essa questão, e isso é muito positivo. A Secom está aberta a sugestões que busquem um projeto para a comunicação social brasileira. Há sensibilidade por parte da secretaria e tudo indica que a sua atuação está indo além de uma estratégia para comunicação do governo, caminhando rumo a uma estratégia para a comunicação social nacional".
Segundo Herz, o Fórum manifestou ainda preocupação sobre a falta de unidade no trato das questões de comunicação pelo governo. "Hoje, questões ligadas ao tema são foco do trabalho do Ministério das Comunicações, Ministério da Justiça, Ministério da Cultura, Secom e até, em algum nível, ministérios da Indústria e Comércio, Ciência e Tecnologia e Anatel". A Secom, segundo o FNDC, teria manifestado também a preocupação de buscar critérios mais eficientes de distribuição dos recursos publicitários do governo. O Fórum agora elaborará propostas concretas a serem levadas ao governo.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top