Mercado
15/05/2012, 17:02

Viva negocia com produtoras independentes

POR FERNANDO LAUTERJUNG

A consultora de conteúdo da Globosat Letícia Muhana minimizou as dificuldades em se adaptar às cotas impostas pela Lei 12.485/11. Segundo ela, que participou de evento de comemoração de dois anos do canal Viva nesta terça, 15, cumprir as cotas não será algo muito complicado. "Levantamos o programa 'Reviva' em dois meses. Tenho certeza que podemos criar algo rapidamente", diz, referindo-se à grade do canal Viva. "Estamos conversando com algumas produtoras parceiras para criar programas para o Viva", diz, destacando que este conteúdo não deve ser de dramaturgia.

Segundo ela, quando o "Reviva" foi criado, optou-se por produzir internamente por conta do conteúdo do programa, que depende de material de arquivo da TV Globo. "É um pouco mais complicado criar conteúdo para um canal como o Viva", diz, lembrando que a grade do canal é formada por programas clássicos. "Mas a lei tem que ser cumprida", finaliza.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top