Pesquisa
15/11/2017, 02:51

Análise da Nagra e Ampere revela os perfis dos consumidores de TV paga

A Nagra, em parceria com a Ampere Analises, apresentam o "Television Tribes", um estudo que revela a nova realidade dos perfis de consumidores de TV paga, e indica como operadores podem abrir novas oportunidades de receitas, com uma estratégia customizada para atender às suas complexas necessidades com conteúdo relevante, experiências e tecnologia.

O estudo, que pesquisou consumidores em dez países, identificou cinco "tribos televisivas" únicas:
· Connoisseurs de Conteúdo – Jovem, afluente e experiente em tecnologia, grupo early adopter que quer tudo "on demand" e está disposto a pagar por isso. Eles também são o grupo com maior chance de se rebelar
· Bingers – Um grupo que gasta menos, e gosta de assistir temporadas completas em DVD.
· Desapegados digitais – Uma geração mais velha, difícil de atingir e menos inclinada a gastar dinheiro em conteúdo digital
· Tradicionalistas de TV – Um grupo de meia idade de consumidores de TV, mais interessados na tela grande e particularmente em esportes
· Gastões – Especialistas em TV linear, com dinheiro para gastar em pacotes de conteúdo full.

A pesquisa foca nos Connoisseurs de Conteúdo, o perfil de consumidor mais valioso e em mais rápida expansão, mas também os que mais demandam, representando até 24% do mercado global. Eles são os maiores gastadores, amam seu conteúdo e consomem significativamente mais conteúdo de fontes SVoD que a média. Eles querem montar seu próprio pacote de TV à la carte, e esperam experiências de alta qualidade através de dispositivos diversos.

Quase 80% dos Connoisseurs de Conteúdo citam plataformas de vídeo online como sua principal fonte de conteúdo televisivo e filmes. Eles também preveem que suas casas vão parar de assistir TV linear completamente dentro de cinco anos, mas seu amor pelo conteúdo os torna mais inclinados a assinar serviços de TV paga.

Os tradicionalistas são o segundo grupo mais valioso para os operadores de TV paga. Representando 18% do mercado, eles são constantemente negligenciados na era multidispositivos e OTT. Este grupo está disposto a pagar por serviços principais de TV como filmes e esportes. Eles também são menos inclinados a se rebelar, com apenas 9% tendo trocado de operador nos últimos seis meses.

O estudo ainda identifica ações-chave que os operadores podem tomar para defender sua posição em um ambiente em rápida transformação, incluindo: criação de arranjos com os serviços adequados para cada segmento de mercado, alavancar tecnologia IP e em nuvem para lançar novos serviços on-demand de forma rápida e com custo eficiente, entregando uma experiência multitelas, abraçando as análises de dados para melhorar a personalização para os clientes.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top