OUTROS DESTAQUES
Retificação
DirecTV diz que valores com Disney e Infront são confidenciais
segunda-feira, 15 de dezembro de 2003 , 19h32 | POR REDAÇÃO

Sobre o projeto de reestruturação apresentado na semana passada à Justiça norte-americana, a DirecTV Latin America solicitou a este noticiário o esclarecimento de alguns pontos. Na nota "Reestruturação da DirecTV não prevê fusão com Sky", publicada por este boletim no dia 12, os valores resultantes dos contratos renegociados com Infront e Disney estão incorretos, diz a DirecTV. Segundo a empresa, os números mencionados são os valores a que Disney e Infront poderão pedir à Bankruptcy Court em função do cancelamento dos contratos anteriores, mas não os valores dos novos contratos, que são confidenciais. Na nota que publicamos, foi dito que antes do Chapter 11, a DirecTV tinha dois grandes credores na área de programação: Infront (Kirch Media), com os direitos para a Copa do Mundo, e Buena Vista (Disney). No caso da Infront, os compromissos chegavam a US$ 272,5 milhões, referentes à Copa de 2006. No caso da Disney, o contrato era de US$ 633 milhões. Estes valores aparecem na documentação apresentada pela DLA. Dissemos também que, no primeiro caso (Infront), a DirecTV conseguiu renegociar os direitos para a Copa de 2006 por US$ 185 milhões. No caso da Disney, o corte foi ainda maior, passando dos US$ 633 milhões para US$ 275 milhões. A informação sobre esta renegociação, portanto, é o que está incorreta, diz a DirecTV.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top