Políticas de comunicação
15/12/2009, 16:28

PL 29: Juca Ferreira e Manoel Rangel veem momento de transformação no audiovisual

POR ANA CAROLINA BARBOSA

O ministro da Cultura, Juca Ferreira, e o diretor-presidente da Ancine, Manoel Rangel, participaram na manhã desta terça-feira, 15, da posse da nova diretoria do Sindicato da Indústria do Audiovisual do Estado de São Paulo (Siaesp), destacando a importância do momento que o segmento vive com a recente aprovação do PL 29 na Câmara dos Deputados. Após chamar a atenção para a pouca participação dos cineastas ao longo da tramitação do projeto de lei que cria novas regras para o setor de TV por assinatura e do audiovisual, Ferreira avaliou: "Acredito que 2010 será um ano de passagem para um novo modelo, novos marcos regulatórios e mecanismos de fomento. A gente se acomodou às conquistas de 20, 30 anos atrás".
Para Rangel, o audiovisual ainda não conseguiu aproveitar o bom momento econômico que o País vive, com a inclusão massiva de brasileiros no mercado de consumo. "Há dois grandes movimentos para expandir o mercado interno para o audiovisual", disse, referindo-se ao PL 29 e ao programa de expansão do parque exibidor de cinema. Rangel destacou ainda os esforços da Ancine para estimular a produção independente na grade dos canais de televisão abertos e fechados. "O artigo 3º A já se materializa. Já vemos investidas de emissoras como a Record e a Globo com produção independente", observa. Rangel adiantou, sem revelar detalhes, que, em breve, a Ancine deve lançar um programa para a produção independente em parceria com a MTV.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top