Programação
16/05/2017, 01:40

Em "Aeroporto: Área Restrita", Discovery e Moonshot têm acesso exclusivo a operações de segurança GRU

A partir de segunda-feira, 29 de maio, às 20h40, estreia "Aeroporto: Área Restrita", uma coprodução entre Discovery e Moonshot Pictures. É uma série de investigação que documenta em 12 episódios, com exclusividade, o processo de inteligência de todos os departamentos e os bastidores das estruturas de segurança e combate ao crime atuantes no Aeroporto Internacional de São Paulo.

Cris Provenzano e Juliana Santonieri respondem pela produção executiva para a Moonshot Pictures. Andre Barmak e Roberto d'Avila são responsáveis pela direção e direção geral respectivamente. Para a Discovery Networks, Michela Giorelli e Carolina Telles respondem pelo desenvolvimento e Rafael Rodriguez, Adriana Cechetti e Gabriela Varallo supervisionam a produção.

A equipe da série foi a primeira com acesso total aos diferentes níveis das operações desenvolvidas no aeroporto, do Centro de Controle e Informações, passando pela torre de tráfego aéreo, até a alfândega e as salas de interrogatório e revista de pertences.

Semanalmente vão ao ar dois episódios em sequência, totalizando uma hora de exibição. Cada um deles revela com exclusividade – e nas palavras dos próprios agentes – como são montadas e executadas operações complexas que garantem a segurança dos passageiros.

Durante três meses de gravações, a equipe teve acesso liberado em todos os departamentos e unidades de operação do aeroporto, o que resulta na captação de imagens exclusivas e nunca antes divulgadas, como a incineração de entorpecentes interceptados por agentes. Depois da apreensão da droga, as "mulas", pessoas contratadas para transportar drogas entre os países, são presas e as drogas encaminhadas para a incineração, em uma operação sigilosa acompanhada pelas câmeras.

A série segue controladores de voo, auditores fiscais, peritos criminais, delegados, policiais civis e federais que trabalham diariamente na prevenção de diversos tipos de crime – sequestro, terrorismo, tráfego de drogas e pessoas, e contrabando são alguns dos principais – com o objetivo proteger o principal ponto de entrada ao País.

A incidência diária de tentativas criminosas faz do aeroporto uma zona crítica onde o combate e a prevenção não podem parar – durante as 24 horas, em todos os dias da semana, haverá passageiros e até mesmo funcionários dispostos a usar o fluxo vultuoso como disfarce para contrabando, furto e tráfico. Cabe aos profissionais da segurança a antecipação em relação aos criminosos.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top