OUTROS DESTAQUES
Novo modelo
Com crescimento de base, há redução de preço, diz programador
quarta-feira, 18 de setembro de 2002 , 12h17 | POR RUBENS GLASBERG

Na queda-de-braço entre programadoras e operadoras de TV por assinatura, um dirigente de importante grupo de canais revela a sua posição para o principal impasse existente: o preço da programação. "Os programadores consideram injusta uma redução na receita que têm hoje", afirma esse executivo. A solução que ele propõe aos operadores é aparentemente simples. O executivo aceitaria não cobrar nenhum acréscimo de receita total em troca de um aumento de 15% na base de assinantes. Assim, ao fim desse período de crescimento, haveria uma redução de até 15% no custo de programação por assinante da operadora que atingisse a meta.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top