Política cultural
18/11/2016, 23:33

Setor audiovisual se articula para acompanhar votação da Lei Orçamentária em SP

As entidades ligadas ao audiovisual começaram a articular nesta sexta, 18, uma presença expressiva do setor na votação da Lei Orçamentária para 2017 do município de São Paulo, que acontece na próxima segunda, 21, às 9h00, na Câmara de Vereadores. Há um receio no setor de que a presença massiva de ativistas ligados aos movimentos culturais da periferia possa afetar negativamente o montante destinado ao audiovisual, sobretudo o orçamento da Spcine.

A proposta da Lei Orçamentária para 2017 enviada pela prefeitura incluiu um aumento de capital na Spcine de R$ 15 milhões. Além disso, está no orçamento um investimento de R$ 17,5 milhões em editais por parte da Secretaria Municipal de Cultura, e uma verba de R$ 2,5 milhões para a operação do Circuito Spcine.

O Movimento Cultural das Periferias – composto por coletivos e movimentos periféricos – demanda uma participação de 3% no orçamento total para a cultura, o que representaria um significativo aumento do total, mas pede que 50% seja destinado a iniciativas culturais das periferias, o que levaria a uma redução do montante destinado às outras áreas.

Comentários

1 Comentário

  1. The Brain disse:

    Só uma correção:

    O evento a ser realizado na segunda-feira, 21, é uma audiência pública, que não tem caráter deliberativo, apenas de discussão.

    A votação está prevista para acontecer na Comissão em outro dia da semana.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top