OUTROS DESTAQUES
Novo modelo
Associação dá uma semana para comentários
sexta-feira, 19 de julho de 2002 , 18h18 | POR REDAÇÃO

A Assembléia Geral da ABTA que, entre outras coisas, discutiu as propostas para o novo modelo do mercado de TV paga elaboradas pelo grupo de estudos contratado pela associação, cumpriu seus objetivos. Segundo Alexandre Annenberg, diretor executivo da associação, a apresentação foi feita e os debates deverão acontecer depois que todos tiverem analisado as propostas. O prazo dado pela associação foi de uma semana (a proposta está disponível no site www.abta.com.br). A ABTA criou inclusive um endereço de e-mail apenas para receber as sugestões e comentários (novomodelo@abta.com.br). A coordenação do grupo de estudo espera ter a proposta final do modelo concluída até o dia 30 de setembro.
O mais provável é que dos oito pontos da propostas, alguns possam ser executados com mais facilidade por requererem menos negociação. Um exemplo é a questão do overbuilding. A própria Net admitiu nesta sexta, 19, em road show com analistas, que quer trocar participações em algumas praças. Outros pontos exeqüíveis a curto prazo são os referentes à questão tributária e mudanças na regulamentação. Participantes da reunião ouvidos por este noticiário consideram que ainda é nebulosa a posição dos programadores, a maior parte deles ausente da assembléia. Também não está claro se a questão da rede de TV paga nacional e interoperável será possível a curto prazo. Outras opiniões consideram que os ânimos ainda são muito distintos sobre o projeto. Uns acham que o conjunto de propostas não conseguirá ir adiante por conta dos interesses individuais enquanto outros preferem acreditar que a vontade coletiva prevalecerá.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top