OUTROS DESTAQUES
Crise
Net deve R$ 229 milhões a programadores
sexta-feira, 19 de julho de 2002 , 17h47 | POR SAMUEL POSSEBON

Pela primeira vez, a Net (ex-Globo Cabo) abriu detalhes sobre suas dívidas com fornecedores. Os dados estão no prospecto de lançamento das ações divulgado nesta sexta, dia 19. São R$ 59 milhões em contas a pagar com fornecedores de equipamento e R$ 229 milhões em dívidas com fornecedores de programação, sobretudo Globosat. Estes números são de 30 de junho. No primeiro trimestre, os valores eram de R$ 34 milhões e R$ 113 milhões, respectivamente. A Net Brasil é o principal fornecedor da Net, e recebeu em 2001 R$ 361,1 milhões em pagamentos (R$ 271,6 milhões em 2000 e R$ 149,7 milhões em 1999). Atualmente, segundo o prospecto, a Net paga cerca de R$ 0,43 por assinante como taxa de administração para a Net Brasil.
Segundo o prospecto, um dos riscos da capitalização é o rompimento do contrato de exclusividade que a Net mantém com a Net Brasil. A operadora informa aos futuros investidores que se a Globopar deixar de ser acionista controladora da Net, uma possibilidade é que a exclusividade da programação Globosat deixe de existir, mas não dá maiores detalhes sobre se isso vai acontecer ou em que condições aconteceria.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top