Programação
19/08/2011, 18:05

MTV reestrutura equipes de produção e engenharia

POR FERNANDO LAUTERJUNG

As demissões na MTV, noticiadas pelo jornal Estado de S.Paulo nesta sexta, 19, são parte de uma reestruturação da emissora do Grupo Abril. "Resolvemos rever o tamanho da estrutura, pois a coisa estava ficando cara", diz Zico Góes, diretor de programação da emissora. Segundo ele, a grade do canal passa a trabalhar mais com o conceito de temporada, como acontece na maioria dos canais de TV por assinatura. Além disso, deve trabalhar mais com produtoras independentes. "A MTV adotou o modelo verticalizado da TV aberta. Começamos a questionar se essa verticalização faz tanto sentido em um canal segmentado", diz Góes.
Com o conceito de temporadas, alguns programas passam a ter um número menor de episódios inéditos. O "Grampo MTV" é um dos programas que será produzido por temporadas. Ele continua no ar este ano, primeiramente com alguns episódios já gravados, e na sequência com reprises, além de três especiais que ainda serão gravados. A nova temporada virá apenas em 2012.
As 43 demissões, diz Góes, se concentram nas áreas de produção e engenharia, que passarão a ter menor volume de trabalho.
Independentes
Segundo Zico Góes, a MTV já vem recebendo projetos de produtoras independentes desde o início do ano. "Agora é o momento de separar o joio do trigo", diz. Além disso, o diretor de programação diz que deve, a partir de 2012, fazer encomendas no mercado.
Contudo, a MTV não pretende abrir mão da produção in house. "Hoje produzimos em média 30 programas por semana. A ideia é passar a ter em torno de seis produzidos fora", explica. Os programas diários e os musicais continuarão sendo produção própria.
Lançamentos
Ainda este ano a MTV deve apresentar algumas mudanças na grade. Três novos programas estreiam em setembro, enquanto alguns programas mudarão de horário. O "Acesso MTV" passará a ter duas horas de duração.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top