OUTROS DESTAQUES
Mercado
Vivax lança digital em Manaus e prepara-se para o ABC
quarta-feira, 19 de outubro de 2005 , 20h44 | POR SAMUEL POSSEBON

A operadora de TV a cabo Vivax anunciou nesta quarta, 19, as condições do seu primeiro serviço digital, que começa a ser comercializado em Manaus no próximo dia 1 de novembro. O serviço terá o nome Vivax TV Digital, tem tecnologia Motorola nas caixas e headend e foi desenhado para competir diretamente com o DTH. A caixa, para novos assinantes, custará R$ 390,00 em 12 vezes (ou R$ 310,00 para assinantes já existentes) e a mensalidade inicial será de R$ 149,90. A estratégia da Vivax é ter Manaus como um laboratório da plataforma e das políticas comerciais. Inicialmente, a caixa será oferecida em comodato, mas há a previsão de que em breve também seja testado o modelo de aluguel do set-top. A caixa com DVR deve ser introduzida no próximo semestre, pois ainda estão sendo feitas algumas adaptações técnicas. O pacote oferecido tem 27 canais digitais exclusivos, de um total de 78 canais de vídeo e 15 de pay-per-view (cuja programação é oferecida pela DLA). O guia de programação foi desenvolvido pela TV Guide e já está adaptado para a caixa com gravação digital. Outra novidade da Vivax TV Digital é a possibilidade de combinação de canais à la carte. São ao todo 13 canais para serem comercializados nessas condições, em sub-pacotes. Há a opção para o acréscimo dos canais Discovery (Science, Turbo e Civilization), por R$ 9,90; os canais étnicos (12,90); e uma combinação de canais adultos, variando de R$ 12,90 a R$ 29,90. A Vivax comercializará a partir de agora os canais HBO apenas para os assinantes do serviço digital.
O lançamento do serviço digital virá acompanhado de uma série de vantagens para os atuais assinantes, já que o foco da Vivax é converter boa parte dos 33,5 mil assinantes de Manaus em clientes digitais. Os assinantes que têm banda larga (e em Manaus mais de 50% da base de clientes de TV paga tem o serviço de Internet) ganhará upgrade definitivo na velocidade de conexão, e até dezembro, estará liberado o acesso aos canais pay-per-view. A Vivax também manterá o serviço analógico como opção para o ponto extra, que custará R$ 14,90, ou R$ 24,90 (mais o set-top) caso o assinante queira o ponto extra digital.

ABC na mira

Após o lançamento do serviço digital em Manaus, o próximo passo da operadora será dado no headend de Santo André, que atende toda a região do ABC paulista. A idéia é lançar em meados de 2006 o serviço digital naquela região, já com a definição das melhores políticas de venda que forem aprendidas pela operação do Amazonas. A tendência natural é que a Vivax adote também no interior de São Paulo a plataforma da Motorola, que apostou suas fichas na digitalização de Manaus para manter um pé em uma grande operadora brasileira, já que Net e TVA adotaram plataformas DVB. A Vivax tem hoje 302 mil assinantes, 80 mil assinantes de banda larga, 6,5 mil km de redes e 1,2 mil homes-passed. O faturamento declarado da empresa é de R$ 300 milhões ao ano. Para 2006, a perspectiva é de crescimento de 10% na base de TV paga e 44% na base de cable modems.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top