OUTROS DESTAQUES
Canais de filmes devem pressionar caixa da Globo Cabo
segunda-feira, 19 de novembro de 2001 , 20h17 | POR REDAÇÃO

Pela primeira vez, a Globo Cabo afirmou que seus custos podem sofrer pressão por conta dos preços da programação. "Os contratos de longo-prazo com os canais Globosat e com alguns canais internacionais estão garantidos, mas ainda buscamos uma forma de ter contratos semelhantes com os canais de filmes, que representam um terço de nosso custo de programação", declarou Leonardo Pereira, que admitiu que esses canais devem pressionar o percentual do custo da empresa com programação, hoje em cerca de 33,4% da receita bruta.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top