OUTROS DESTAQUES
Empresa prioriza geração de caixa em 2002
segunda-feira, 19 de novembro de 2001 , 20h17 | POR REDAÇÃO

O EBITDA da Globo Cabo cresceu quase 27% no terceiro trimestre, em relação ao trimestre anterior, chegando a R$ 80 milhões. Segundo os executivos da operadora, isso é resultado da estratégia de priorizar a geração de caixa em lugar de investimentos com expansão e crescimento. Segundo Leonardo Pereira, CFO da Globo Cabo, essa política será mantida em 2002 porque não existem perspectivas imediatas de melhora no cenário econômico. "Adotamos uma posição conservadora, ao contrário de alguns de nossos concorrentes, principalmente o DTH", disse. A Globo Cabo ainda não fechou o planejamento financeiro para 2002, mas Pereira adiantou que, ao contrário do que foi planejado para 2001, no ano que vem os investimentos serão seguramente menores do que a capacidade de geração de caixa da empresa.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top