Internet
20/01/2010, 17:03

Audiência de séries no Terra TV cresceu com modelo catch up

POR ANA CAROLINA BARBOSA

Se em 2008 o principal marco para o Terra TV foi a cobertura e transmissão de eventos das Olimpíadas de Pequim, em 2009, sem nenhum evento de grande porte no calendário, um dos destaques para o bom desempenho da área de conteúdo audiovisual do portal ficou com a introdução do modelo de catch up (disponibilização dos episódios das séries na Internet logo após a exibição na televisão) para as séries da TV paga. "Foi um marco importante no sentido de perceber o comportamento da audiência", avalia Pedro Rolla, diretor de mídia do Terra para a América Latina. "Algumas das séries tiveram mais de 100% de aumento na audiência. É um modelo atraente para o usuário e para o anunciante".
O Terra TV encerrou o ano de 2009 com 9 milhões de usuários únicos, um aumento de 40% em relação a 2008. Foram 52 milhões de vídeos assistidos, 63% a mais do que no ano anterior. O tempo de permanência também cresceu 31% no último ano. "Isso mostra que a oferta de conteúdo de longa duração também atrai usuários. É importante para a rentabilização através da publicidade. É mais gente assistindo vídeo e mais engajamento das pessoas dentro da oferta de vídeos", observa o executivo, que atribui o resultado a um conjunto de fatores que incluem, além do modelo catch up, novas features, aprimoramento constante da plataforma mobile e da integração das redes sociais e aumento da oferta de conteúdo. No ano passado, o portal passou a transmitir jogos da NBA ao vivo, incluiu novas séries no portfólio, aumentou a oferta de videoclipes e filmes.
2010
De acordo com o diretor de mídia do portal, as expectativas são de crescimentos maiores para 2010, com base nos pilares entretenimento, notícia e esportes. Além de novos filmes, documentários e videoclipes, a área de entretenimento contará com as estreias da sexta e última temporada de "Lost", de "Flash Foward" e séries da Fox como "Prision Break" e "Family Guy", programadora com a qual o portal fechou acordo no ano passado. "Além disso, temos algumas grandes transmissões e coberturas como os Jogos Olímpicos de Vancouver, o Carnaval, a Copa do Mundo e as eleições, fora os acontecimentos imprevistos, que também movimentam a audiência", diz Rolla.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top