OUTROS DESTAQUES
Postes: Proposta da ABTA e Abrafix pede preços comuns II
quarta-feira, 20 de dezembro de 2000 , 22h49 | POR REDAÇÃO

É pouco provável, segundo fontes da Aneel, que a agência de energia se sensibilize com o estudo da FGV. Enquanto o relatório encomendado pela ABTA/Abrafix fala em estímulo ao desenvolvimento da infra-estrutura de telecomunicações e existência de um cenário de "essential facilities" (infra-estrutura cuja duplicação é contraproducente ou impossível) como premissa para que se busque uma regulamentação de preços, a Aneel trabalha com a questão de redução de tarifas ao consumidor de energia e competição plena, mas desconsiderando o fato de que os detentores de infra-estrutura sejam ou não monopolistas. Estas diferenças são cruciais e a Aneel deve seguir com a sua política de não lidar com definição de preços, apenas publicar um regulamento geral explicitando condições de segurança.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top