Broadcast & Cable 2005
21/09/2005, 18:46

Para executivos, conteúdo alavanca TV digital

POR REDAÇÃO

"Se o conteúdo não for atrativo, não tem negócio", afirmou Roberto Franco, presidente da SET e diretor de tecnologia do SBT, durante o Congresso da SET 2005. Ele lembra que são estimados até 15 milhões de antenas parabólicas no País, e que nos últimos dez anos seu custo partiu de cerca de US$ 1 mil e mesmo assim houve esta expansão, dado o interesse pelo conteúdo disponível no Brasilsat 1. Lembrou também que o ticket médio da telefonia móvel pré-paga está em R$ 15,00 – e o pré-pago responde pela maior parte dos 78 milhões de celulares disponíveis no Brasil. Ricardo Miranda, da Sky, também destacou a grande qualidade da TV aberta no Brasil, que responde por cerca de 68% da audiência da TV por assinatura: "Sem conteúdo nacional, não vai pegar a TV digital no Brasil", disse Miranda.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top