OUTROS DESTAQUES
Credores da Globo Cabo exigirão mais taxas e aval dos sócios
quarta-feira, 21 de novembro de 2001 , 21h49 | POR REDAÇÃO

Depois de ouvir os executivos da Globo Cabo na conference call do início da semana, analistas do mercado de ações e bancos ouvidos por PAY-TV Real Time News expressaram as seguintes opiniões a respeito do trato imediato do endividamento da empresa:
1) Os controladores não mais irão atrás de um novo sócio estratégico, optando antes pela valorização da empresa. "Eles não querem vender o carro batido", observa o diretor de um grande banco de investimento europeu. "Eles vão tentar reparar a lataria". Também está claro que, em princípio, não mais farão aportes de capital, preferindo a via da renegociação da dívida com os credores;
2) A renegociação da dívida tem que ser feita rapidamente, porque os vencimentos previstos para o ano que vem (R$ 570 milhões) são muito superiores a sua capacidade de geração de caixa (R$ 320 milhões).
3) Dificilmente os credores renegociarão a dívida sem um aumento de taxas e, em especial, sem o aval do Bradesco, da Microsoft e da Globopar.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top