Mobilidade
21/11/2017, 23:45

Geração Z brasileira passa em média 4h17 por dia na Internet no celular

(Matéria originalmente publicada no Mobile Time) Os jovens brasileiros nascidos até 2010, chamados de geração Z, são os que mais passam tempo na Internet, via celular: 4 horas e 17 minutos por dia. Atrás deles, os babies boomers (nascidos até 1960) aparecem com 3 horas e 48 minutos navegando na web; já as pessoas da geração Y (gerados até 1995) usam a web durante 3 horas e 37 minutos; e a geração X (até 1976) aparece com 3 horas e 20 minutos. É o que revela estudo feito pela Kantar.

Maura Coracini, head de digital e mídia na Kantar e responsável pela análise do MMA Mobile Report 2017, explicou que os "grandes momentos de uso do celular" são no começo e no fim do dia. Mas para a geração Z acontece em todos os momentos do dia.

Por outro lado, os meios tradicionais, como TV, rádio, revista e jornal, continuam relevantes para as gerações mais experientes, X e baby boomers. A análise foi realizada com 800 entrevistados, sendo 50% de homens e 50% mulheres, sendo divididos igualmente entre as gerações (25% de baby boomers, de geração X, de geração Y e de geração Z).

Consumo no smartphone

A pesquisa também apontou a geração Z como a que mais instala apps em seus smartphones: em média são 9 por mês. Logo atrás está geração Y, com 8,4 apps; a geração X aparece na terceira posição, com 8,1; e os baby boomers, com 7,8. Mais da metade dos usuários em cada geração – 55% na Z, 60% na Y, 54% na X e 52% dos boomers –desinstalam o aplicativo após atingir seu objetivo de uso. Entre os momentos que mais usam os apps, eles lembraram em sua maioria de quando dirigem para lugares que nunca foram, quando saem em viagens e para economizar tempo no trânsito, informa Coracini.

Publicidade in app

Sobre visualização de propaganda no smartphone, 54% dos jovens da geração Z confirmaram terem visto publicidade; 51% da geração X; 47% da geração Y; e 45% dos boomers. Entre as mídias nas quais mais viram as peças, Facebook, YouTube e Instagram lideram entre Z e Y, já X e boomers lembraram mais de verem em seus aplicativos e Facebook.

Sobre os canais que mais visualizaram as publicidades móveis, a maioria dos usuários nas quatro gerações lembram de marcas vistas nos mapas de navegação (Waze e Google Maps). Vale destacar que 60% dos usuários da geração Y mudaram a voz do app de trânsito por causa de um anúncio e 67% dos boomers lembram que receberam anúncios via notificação.

A análise da Kantar com a MMA revela ainda que a publicidade em apps de música, como Spotify e Deezer, são aquelas com maior recall (82% na Z, 68% na Y, 50% na X e 63% dos boomers), principalmente entre os mais jovens. Entre os mais experientes, a quantidade de usuários que não utilizam este tipo de serviço é alta, 38% X e 29% na boomers. Outro ponto importante é que o grau de rejeição à publicidade mobile é baixo com 24% para geração Z, 26% geração Y, 36% na geração X e 27% para os babies boomers.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top