OUTROS DESTAQUES
Tecsat quer operar DTH em março II
sexta-feira, 23 de janeiro de 1998 , 17h40 | POR REDAÇÃO

A empresa sediada em São José dos Campos e pertencente à família Hisse de Castro pagou R$ 470 mil pela concessão para a operação de DTH. O satélite que vai ser usado pela Tecsat é o Intelsat 709, que cobre a totalidade das regiões Sul e Sudeste do Brasil, assim como partes das regiões Nordeste e Centro-Oeste. Ou seja, o serviço alcançará os mercados brasileiros com os maiores potenciais econômicos. Os receptores utilizados e o sistema de habilitação serão desenvolvidos pela própria Tecsat, que tem um grande trunfo em suas mãos: uma rede de mais de mil revendedores e instaladores espalhados por todo o território nacional que justifica a grande presença no mercado dos seus produtos. Além de ter profundo conhecimento do mercado de banda C aberta, a Tecsat atua na banda C codificada da NetSat, onde é a única fornecedora de decodificadores analógicos com a tecnologia TV/Com.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top