Incentivo fiscal
23/10/2009, 16:45

Artigo 3ºA começa a ser usado em coproduções

POR FERNANDO LAUTERJUNG

Dois projetos foram autorizados a captar recursos do Artigo 3ºA da Lei do Audiovisual, mecanismo que permite que canais de televisão invistam parte do imposto devido pela compra de direitos internacionais na coprodução com produtores brasileiros independentes. O longa-metragem "Não se preocupe, nada vai dar certo", da MAC Comunicação e Produção Ltda. teve a captação de R$ 700 mil aprovada pela Ancine através do incentivo fiscal. Até momento, captou R$ 400 mil.
Além disso, cerca de R$ 900 mil foram aprovados para o projeto "Uns Braços", da produtora Contém Conteúdo. O valor exato ainda não consta no site da Ancine, já que a aprovação do projeto ainda não foi publicada no Diário Oficial da União. Segundo matéria do jornal O Estado de SP, o projeto será feito com a TV Record.
Até o momento, segundo a Ancine, foram abertas nove contas para que os canais de TV depositem os recursos incentivados. As contas são em nome de: Record, Turner, HBO, Fox, ESPN, Telecine/Fintage, Top Sports/DFL, Top Sports/ Enjoy, Global Media.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top