Coprodução internacional
23/11/2015, 23:37

Ibermedia contempla 14 projetos de coprodução com participação brasileira na Convocatória 2015

O Programa Ibermedia divulgou os vencedores de sua Convocatória 2015, que oferece apoio ao desenvolvimento de projetos de cinema e TV, e à coprodução de filmes ibero-americanos. Ao todo foram selecionados 105 projetos, sendo 56 para coprodução e 49 para desenvolvimento. O anúncio foi feito em Reunião Extraordinária do Comitê Intergovernamental Ibermedia, em Punta Cana, na República Dominicana.

Na linha que oferece apoio à coprodução, 14 projetos com participação brasileira estão entre os contemplados, sendo seis em que o Brasil é o coprodutor majoritário e outros oito que tem produtoras brasileiras com participação minoritária. Os aportes concedidos variam de US$ 50 a US$ 150 mil e serão destinados a cada produtor de acordo com a participação financeira na coprodução.

Os projetos com participação majoritária brasileira são: "O grande circo místico", apresentado pela Luz Mágica Audiovisual; "Fisín", apresentado pela Bucanero Films; "Um certo Joaquim", apresentado pela REC Produtores Associados; "Praça Paris", apresentado pela Taiga Films; "Happy hour", apresentado pela Urca Filmes; e "O fantasista", apresentado pela Truque Produtora de Cinema.

Outros oito projetos contemplados têm participação minoritária de empresas produtoras brasileiras: A Desvia Produções participa da produção de "Chico Ventana también quisiera tener un submarino", de Alex Piperno, ao lado de uma empresa argentina e outra uruguaia, e de "Rojo", de Benjamin Naishat, em parceria com outra produtora argentina; a Refinaria Produções é parceira de uma produtora portuguesa em "Seara de vento", de Sérgio Tréfaut; a Luz Mágica Audiovisual tem a portuguesa Fado Filmes como sócia nas coproduções "Refrigerantes", de Luís Galvão Teles, e "Rosas de Er mera", de Luis Filipe Rocha; a Esquina Produções Artísticas divide com uma produtora paraguaia a produção de "Las herederas", de Marcelo Martinessi; a Avila Films, associada a uma produtora venezuelana em "El último año del congo mirador", de Anabel Rodríguez Rios; e a Prodigo Films, que assina a coprodução "Sueño Florianópolis", de Ana Katz, junto a uma produtora argentina.

Desenvolvimento

Já na linha Desenvolvimento de Projetos de Cinema e Televisão, foram cinco os projetos brasileiros selecionados. Os prêmios individuais variam entre US$ 7,5 e US$ 10 mil. São eles: "Fé cega, faca amolada", da Persona non Grata Pictures; "Dolores", da Bossa Nova Films; "Vozes no silêncio", da T'AI Criação e Produção; "Bagdá", da Manjericão Filmes; e "Pétalas Negras", da Embaúba Produções.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top