OUTROS DESTAQUES
Anatel recebe poucos comentários sobre relatório da TV digital
sexta-feira, 24 de março de 2000 , 17h46 | POR REDAÇÃO

O relatório com os resultados da primeira parte dos testes de TV digital parece não ter despertado muito interesse do mercado. A consulta pública terminou no último dia 20 e poucos comentários foram apresentados, a maioria deles de cidadãos, que se dividem entre a defesa do padrão americano e do europeu. Ricardo Fonseca Kauffmann questiona a questão do custo/benefício entre o televisor ATSC e o televisor DVB. Segundo seus cálculos, no caso do Brasil, com cerca de 30 milhões de televisores, "se esse televisor especial custar US$ 100,00 a mais, estaremos falando de uma despesa adicional para a população brasileira no valor de US$ 3 bilhões". Ricardo Kauffmann também indaga a agência sobre as transmissões de TV por assinatura: como fica a sua digitalização? A Eletros (Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos), um dos patrocinadores dos testes, fez questão de ressaltar que os resultados preliminares são insuficientes para qualquer tomada de decisão quanto ao padrão a ser adotado no Brasil e pede que os resultados parciais não sejam divulgados até que a decisão seja tomada. Nos seus comentários a associação pede que a Anatel leve em conta as conseqüências para o consumidor final, frente a todos os tópicos em decisão; as conseqüências para a economia nacional; evolução da tecnologia a ser implementada; modelo de negócio a ser implementado na relação indústrias e emissoras; implementação das interfaces API (Application Program Interface) e a MHP (Multimedia Home Platform).

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top