Cable 2012
24/05/2012, 10:07

Nagra aposta em "caixa careca" para fazer o streaming por IP

POR SAMUEL POSSEBON, DE BOSTON

A corrida pela distribuição multiplataforma de conteúdos de TV por assinatura parece ser a grande busca dos operadores norte-americanos. Pelo menos é isso o que se pode ler da exibição de equipamentos e dos principais lançamentos das operadoras durante da Cable 2012, maior evento de TV paga dos EUA, que aconteceu esta semana em Boston.

Uma das soluções mais engenhosas foi apresentada pela Nagra, com variações semelhantes em fornecedores como Pace e Cisco: uma caixa que "converte" os sinais de TV paga que chegam ao set-top do assinante em um stream IP que pode ser acessado por celulares e tablets. No caso da Nagra, a caixa é conhecida como Kojak, por ser uma caixa "careca", praticamente sem conexões. Há apenas a entrada que se conecta à rede de cabo e uma saída Ethernet a ser conectada no roteador WiFi doméstico. O nome oficial é Mini DVB Gateway, e a proposta é converter o sinal do cabo ou satélite que chega à casa do assinante em IP. A caixa tem condições de gerar dois streamings de vídeo IP para dispositivos conectados, e já existem interfaces de exibição para iPhone, iPad e Android desenvolvida em HTML5. Essa interface funciona como o player de vídeo e também organiza o guia de programação. Esta é a única parte, aliás, em que é preciso um pouco de customização do produto para cada operadora, já que o software precisa ser ajustado ao formato dos dados do EPG. A expectativa é que esta caixa já esteja no mercado no segundo semestre.

A tecnologia poderá, futuramente, ser incorporada a hotspots WiFi ou a set-tops, e também é possível que os conteúdos sejam retransmitidos pela Internet para que o usuário possa consumí-lo fora de casa, em um modelo parecido com o do SlingBox.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top