TV digital
24/06/2003, 17:20

TVs públicas querem definição do modelo de negócios

POR REDAÇÃO

A prioridade para a definição do modelo de negócios de TV digital foi a tônica da audiência pública e realizada na subcomissão de Televisão, Cinema e Informática da Comissão de Educação do Senado Federal nesta terça, 24. O presidente da Eletros, Paulo Saab, lembrou que o modelo de negócios é importante para que cheguem ao consumidor, ao mesmo tempo, além dos aparelhos digitais, o sinal das geradoras e a programação produzida em formato digital.
Saab afirmou que a indústria brasileira, que atualmente está com 35% de sua capacidade ociosa, tem condições de em um ano e meio após a decisão a respeito do padrão a ser utilizado no país, colocar os televisores nas lojas do país.
Na opinião de Jorge Cunha Lima, presidente da Abepec (Associação Brasileira de Emissoras Públicas Educativas), o padrão digital não interessa muito porque, a médio prazo todos eles vão ser equivalentes: ?nós não estamos num show room escolhendo especiarias. É preciso definir bem o modelo de negócios, isso sim é que importa para que a TV digital seja implantada no Brasil".

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top