OUTROS DESTAQUES
Confusão na Vídeo Rede
quarta-feira, 24 de setembro de 1997 , 00h30 | POR REDAÇÃO

A Telebrasília enviou carta para seus assinantes alertando para a existência de um falso serviço de Internet que funcionaria através da sua rede de faixa larga, a Vídeo Rede. O serviço, segundo a Telebrasília estaria sendo oferecido por duas empresas, que dizem também contar com o apoio da estatal. A carta diz que "nenhuma empresa tem autorização para o uso do nome da Telebrasília no que se refere ao serviço de acesso à Internet". Além disso a empresa explica que a autorização para utilizar a Vídeo Rede para prestar serviço de Internet ainda não está liberada pelo Minicom. Vale lembrar que no final do ano passado a tele chegou a abrir processo de escolha de um parceiro para o serviço de acesso à Internet, mas a Telebrás determinou a suspensão do edital. A Telebrasília aproveita a confusão para anunciar para o próximo trimestre a utilizaçãode sua rede de multisserviços para prestar serviços de Internet (para o qual ainda deve assinar contratos de parceria) e serviços de homebanking e homeshopping. A empresa também anuncia que tão logo o Ministério das Comunicações libere os primeiros editais de licitação de TV a Cabo, a empresa retomará o projeto da Vídeo Rede, provavelmente em parceria com alguma das empresas com quem já tem contrato de utilização assinado. A Vídeo Rede é uma rede de faixa larga concebida inicialmente para transportar sinais de TV a cabo, mas com possibilidades de integração de diversos serviços. A TV Filme, a empresa Barcelona Global, a Multipoint e o Correio Brazilliense manifestaram interesse de utilizarem a rede para o serviço, chegando a assinar contratos com a tele. Em julho de 96, entretanto, o Ministério das Comunicações determinou às teles que nenhuma empresa sem concessão para o serviço de TV a cabo poderia utilizar redes de faixa larga. Desde então os projetos estão parados.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top