Mídia
24/09/2002, 20:04

Globo suspende Globo S.A.; Reichstul sai do comando

POR REDAÇÃO

O grupo Globo voltou atrás e decidiu desistir de criar, por enquanto, a Globo S.A., uma estrutura sob a responsabilidade de Phillipe Reichstul e que teria como função organizar os diversos investimentos do grupo e buscar alternativas de capitalização. Provavelmente, a Globo S.A. seria o veículo pelo qual a Globo seria aberta em bolsa, no segundo semestre de 2003.
Segundo o comunicado, "as organizações Globo decidiram simplificar e reduzir a sua estrutura corporativa de modo a adequá-la à nova realidade do mercado. Com essa medida várias funções antes desenvolvidas pela Globopar passarão a ser desempenhadas pela Tv Globo Ltda passando a Globopar a se ocupar apenas da gestão financeira do grupo". Reichstul permanece como membro do conselho de administração, sob a presidência de Roberto Irineu Marinho. Ronnie Vaz Moreira assume o comando da Globopar.
Segundo informações de mercado, estão sendo estudadas formas para compensar as perdas que o grupo vem tendo, especialmente no tamanho de sua dívida, em função da desvalorização cambial. Só nos últimos 30 dias, considerados os dados do balanço do primeiro trimestre, o endividamento teria crescido em cerca de R$ 1 bilhão. Com isso, algumas medidas serão tomadas ainda este ano. Agora, estão sendo buscadas novas estruturas de captação de recursos condizentes com a nova realidade financeira.
Vale lembrar que a Globo já mostrou sua disposição de reduzir a exposição no negócio de distribuição de TV paga (inclusive abriu mão do controle da Sky) e a família Marinho está se desfazendo empresas de radiodifusão para capitalizar a Globopar.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top