OUTROS DESTAQUES
Redefinição do modelo
Encontro mostra disposição ao debate, mas sem consenso
segunda-feira, 25 de março de 2002 , 19h39 | POR REDAÇÃO

Depois de um dia inteiro de discussão entre os principais executivos do setor de TV por assinatura, a ABTA conseguiu concluir o primeiro passo do trabalho de rediscussão do modelo de TV paga no Brasil. O encontro serviu, segundo participantes ouvidos por PAY-TV News, para mostrar o comprometimento de todas as operadoras com a indústria, mas não houve (nem era esperada) nenhuma conclusão sobre o que fazer daqui em diante.
Chamou a atenção a presença em massa de executivos ligados ao grupo Globo, da Globo Cabo à área estratégica da Globo, passando obviamente pela Globosat e Net Brasil. Não houve em nenhum momento conflitos em relação a temas polêmicos, como exclusividade de programação e empacotamento. Pelo contrário, sentiu-se que mesmo da parte do grupo Globo havia predisposição para discutir esses temas. Também foi relatado a este noticiário uma disposição dos demais players no sentido de buscar entender a posição estratégica da Globo.
As opiniões ouvidas por PAY-TV começam a divergir em relação aos próximos passos. Alguns executivos sentem que a presença da Accenture não é mais necessária e que seria sim importante promover outros encontros semelhantes. Outros acham que ainda falta método para concluir tudo o que precisa ser feito daqui para a frente, e nesse sentido seria importante a presença de uma consultoria isenta. A manutenção ou não da Accenture nos trabalhos depende agora da diretoria da ABTA.
Com relação ao governo, as opiniões ouvidas por PAY-TV (que obviamente não representam a totalidade dos participantes) foram divergentes. Há quem diga que os primeiros passos a serem dados não passam pelas esferas oficiais. Outros acham que é fundamental elaborar um diagnóstico a ser apresentado para a Anatel e Congresso, com sugestões sobre o que o governo poderia fazer para ajudar a indústria.
O encontro foi, de uma maneira geral, relatado como sendo "acima das expectativas", por ter congregado todas as partes. Foram sentidas as ausências apenas da TV Cidade e da Alusa entre operadores, e da HBO como programadora. Fornecedores de equipamentos não participaram.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top