OUTROS DESTAQUES
Globo vê com ressalvas a entrada de capital estrangeiro
terça-feira, 25 de maio de 1999 , 20h25 | POR REDAÇÃO

Evandro Guimarães, das Organizações Globo, se disse muito preocupado com a questão da entrada do capital estrangeiro com direito a voto. Ele acha que pode ser muito fácil que essas empresas façam manobras ou acordos com os demais sócios e acabem tomando o controle das empresas nacionais. Guimarães acha que é, no mínimo, difícil de acreditar que uma empresa com direito a voto e tendo investido dinheiro na empresa não queira vir a controlar a sua programação. A liberação ao capital estrangeiro, segundo Evandro Guimarães, vai ter como maior conseqüência a imposição de uma programação importada. "Personalidades como Ariano Suassuna e Jorge Amado só têm suas obras amplamente divulgadas por causa da valorização da cultura nacional, que só acontece porque o controle das empresas jornalísticas e de entretenimento está nas mãos de brasileiros", completou Guimarães.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top