OUTROS DESTAQUES
Telefonia
TV Braz pede autorizações de voz em cidades mineiras
terça-feira, 26 de março de 2002 , 18h19 | POR REDAÇÃO

Depois desistir de 11 autorizações de espelhinho, a TV Braz (empresa ligada à W@y Brasil) entrou na Anatel com pedido para operar telefonia fixa em diversas localidades de Minas Gerais. A agência não confirma quais são estas cidades. A Anatel, contudo, mandou a empresa refazer o pedido de acordo com o procedimento correto. As espelhinhos das quais a TV Braz desistiu em 2001 dão uma pista sobre a estratégia da empresa. Na ocasião, a TV Braz tinha interesse nas áreas de numeração 31 (Coronel Fabriciano, João Monlevade e Timóteo); 32 (Cataguases e São João del Rei); 34 (Araxá, Ituiutaba e Patrocínio); e 35 (Itajubá, Passos e Pouso Alegre).
Ao desistir das licenças de espelhinho e optar pelas autorizações de telefonia, a TV Braz pode ter feito um bom negócio. Como a empresa não vai pedir autorização para longa distância, mas apenas para o serviço local, não terá compromissos de abrangência nem prazos para instalação de acessos, tendo maior liberdade para aproveitar a sinergia com as redes de TV a cabo da W@y Brasil, já instaladas em diversas cidades mineiras. Ao obter as autorizações para as áreas de numeração inteiras, o plano de negócios pode ser melhor dimensionado. Caso se confirmem as autorizações para as mesmas áreas das antigas espelhinhos, a empresa terá acesso a serviços de telefonia em mercados importantes como Belo Horizonte e Contagem, na área 31, atendendo potencialmente mais de 5 milhões de habitantes. Na área 32 há a cidade de Juiz de Fora, com mais de 400 mil habitantes. Na área 34 há mais de um milhão de habitantes, em grandes cidades como Uberlândia, Uberaba e Araguari. A W@y Brasil tem operações de TV a cabo em 17 localidades mineiras.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top